Thursday, October 26, 2006

Beldroegas

 
[ clique para ampliar ]

A beldroega [portulaca oleracea] é uma planta comum que cresce em descampados e recantos urbanos, normalmente em sítios onde só as ervas se aventuram. Nas imagens podemos ver dois exemplos fotografados em Setúbal durante o fim-de-semana passado: à esquerda está uma planta que nasceu numa valeta da Av. Manuel Maria Portela; à direita, uma planta da zona verde a norte do jardim da Algodeia. A beldroega é uma herbácea anual, com talos espessos, tenros e rasteiros, folhas carnosas, de até 3cm de tamanho, com grande quantidade de reserva de água.

Tem uso alimentar (as folhas são cozidas e consumidas como legumes, em molhos, saladas e ensopados) e medicinal (afecções do fígado, bexiga e rins; escorbuto; o suco cura inflamações nos olhos; as sementes são diuréticas e combatem os vermes intestinais; os talos e as folhas machucados, aplicados sobre queimaduras e picadas de insectos, aliviam a dor e/ou o prurido e facilitam a cicatrização). Indica-se a seguir a receita de duas sopinhas com beldroegas:


Receita 1 - Sopa de beldroegas com queijo
Ingredientes: 2 molhos de beldroegas ☮ 1 Kg de batatas ☮ 4 cabeças de alho inteiras ☮ 2 queijos de cabra ☮ 4 ovos ☮ 1,5 dl de azeite ☮ sal ☮ pão duro fatiado
Confecção: partem-se as beldroegas aproveitando as folhas e os caules tenros. Tiram-se apenas as cascas exteriores das cabeças de alho, mantendo as cabeças inteiras. Aquece-se o azeite e refogam-se as cabeças de alho, juntando de seguida as beldroegas que também se refogam ligeiramente. Acrescenta-se a água (litro e meio) ao refogado e deixa-se levantar fervura. Deitam-se os queijos cortados aos quartos mais as batatas às rodelas. Quando estas estiverem cozidas, rectifica-se o sal, escalfam-se os ovos e verte-se o caldo numa terrina sobre o pão fatiado. As beldroegas, o queijo, os ovos escalfados, as batatas e as cabeças de alho são servidos como acompanhamento em travessa à parte. Para maior regalo da comedia, acompanhe com um branco maduro alentejano.


Receita 2 - Sopa de pargo com beldroegas
Ingredientes: ☮ 350 grs de tomate ☮ 1 colher de (chá) de colorau ☮ 3 mãos-cheias de beldroegas tenras ☮ 4 batatas ☮ pão caseiro de véspera ☮ 800grs de pargo ☮ 5 dentes de alho ☮ 2 cebolas ☮ 6 colheres +/- de (sopa) de azeite ☮ 1 folha de louro ☮ sal q.b. ☮ piri-piri ou pimenta q.b.
Confecção: limpe o peixe, lave e corte em postas. Tempere com sal e pimenta e aguarde 30 minutos. Esmague os alhos com a casca e leve ao lume com o azeite. Quando começarem a alourar junte as cebolas descascadas e picadas. Depois adicione o tomate pelado e picado e o louro. Refogue e tempere com sal, pimenta e colorau. Junte as beldroegas muito bem lavadas e as batatas descascadas e cortadas em meias-luas. Ferva durante +/- 15 minutos. Acrescente as postas de peixe e acabe de cozinhar. Rectifique os temperos. Deite no fundo de uma terrina algumas fatias de pão, e por cima verta o caldo a ferver. Acompanhe com o peixe, servido num prato fundo.


0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home