Friday, November 10, 2006

     «A Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (APSS) negou hoje a existência de qualquer dívida à Transado e declinou responsabilidades pelo não pagamento dos salários aos trabalhadores, que deverão iniciar no sábado uma greve de seis dias.
     "A APSS nada deve à Transado pelo que não é compreensível o nexo estabelecido entre o não pagamento de salários e uma alegada dívida da autoridade portuária", disse fonte da Administração do Porto de Setúbal, instada a pronunciar-se sobre uma alegada dívida de 600 mil euros, reclamada pela empresa que assegura o transporte fluvial entre Setúbal e Tróia.» (continuação da notícia do jornal Público
)

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home