Wednesday, November 08, 2006


Toni e Jorge Santana (foto do Record)

«O ambiente em Setúbal não tem sido nada pacifico. Depois da polémica em torno dos capitães Sandro e Nandinho e do treinador Toni – que acabou por motivar a suspensão dos dois atletas –, seguiram-se, no passado fim-de-semana, após o desafio com o FC Porto, cenas de pancadaria entre jogadores, no caso Mário Carlos e Marco Tábuas, e adeptos sadinos. Perante este cenário, o presidente do clube, Jorge Santana, dá a cara e afirma que o ocorrido acaba por ser "reflexo de um conjunto de situações inerentes ao futebol".» - jornal O Jogo


«Jorge Santana está preocupado com os acontecimentos verificados no final do jogo com o FC Porto, quando jogadores e adeptos se envolveram em confrontos físicos. O presidente do V. Setúbal lamentou o sucedido e pediu contenção. “Estes acontecimentos não ajudam o Vitória. Infelizmente, colocam o clube numa situação desagradável, porque os media também aproveitam-se disso e não ajudam os adeptos à melhor interpretação dos factos. É evidente que ninguém gosta de ser ofendido ou humilhado, mas o futebol é um desporto de grandes paixões e os jogadores têm a obrigação de resguardar-se de algumas bocas menos agradáveis, porque ninguém gosta de perder”, explica.» - jornal Record

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home