Monday, April 02, 2007

A edição de hoje do jornal Público dá destaque ao estudo que José António Bourdain e Luís Humberto Teixeira realizaram sobre os "eleitores fantasma":

«Os autores das estimativas que no início deste mês foram notícia em alguns jornais, inclusivamente no diário espanhol El País, recordam que o número de mandatos que cada círculo eleitoral recebe depende da quantidade de inscritos nos cadernos eleitorais. Pelo que "se estes estivessem limpos de fantasmas", a Madeira (onde se calcula que "um em cada cinco eleitores inscritos seja "fantasma"") perdia um mandato e o Porto "teria direito a mais dois", por exemplo. A simulação que fizeram é clara: o PS mantinha a maioria, mas teria hoje menos dois deputados; o PSD tinha mais um e o mesmo acontecia com a CDU. Ou seja, os "falsos eleitores" - pessoas que já morreram, outras que partiram para outro país - estão a alterar a "verdade dos resultados" das eleições, dizem os mestrandos que fizeram este trabalho por sua "conta e risco", sem orientação do ICS, e o disponibilizaram no passado dia 1 no site Mudar o Mundo». Luís Humberto Teixeira reside em Setúbal e é o fundador do blog Mudar o Mundo.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home