Friday, November 16, 2007

Canhão de Setúbal

fotografia alojada em www.flickr.com
[ blog©Cetobriga - clique para ampliar ]

Pensavam que Setúbal não tinha um canhão? Mas tem! É um "vale submarino de vertentes abruptas que atinge mais de 2.800 metros de profundidade ao largo do Cabo Espichel". A respectiva localização pode ser vista nesta imagem, e um poster alusivo pode ser consultado aqui.

2 Comments:

At 7:32 pm , Anonymous Anonymous said...

Oh caro J.A., olhe que eu sempre ouvi falar de Sesimbra (donde o famoso peixe espada preto) e não de Setúbal!

Estou certo, ou estou errado?

 
At 12:22 am , Blogger J.A. said...

Bem, pode designar-se como "canhão de Sesimbra" ou "canhão de Setúbal", mas a segunda designação parece estar mais divulgada. No Google, "canhão de Setúbal" ou "Setúbal Canyon" dá 287/243 ocorrências, enquanto que para Sesimbra os resultados equivalentes são 1/0.

Pela sua localização, talvez fosse mais apropriado chamar-lhe canhão (ou garganta) do Espichel, ou da Arrábida.

Quanto ao peixe-espada preto, tem toda a razão, mas não será pela maior proximidade da garganta, e sim pelo maior domínio, em Sesimbra, dessa extraordinária arte de pesca que é o aparelho de anzol (palangre).

Quanto a "canhões", Setúbal até tem um precedente histórico: no tempo de D. João II foram aqui feitas diversas experiências sobre o tiro de canhão a partir dos navios. Os grandes mestres artilheiros vinham do norte da Europa, mas os disparos desde bordo eram uma coisa nova sobre a qual era necessário criar novos conhecimentos.

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home